' '

20 de janeiro de 2023

Checklist Bonelli • Janeiro de 2023

Veja aqui as publicações da linha Bonelli Comics que a Mythos Editora está lançando neste mês de janeiro. Confira detalhes editoriais, sinopses, capas e histórico de publicação dos títulos.


___________________________________________________________


★ MYTHOS:


DRAGONERO — O CAÇADOR DE DRAGÕES #19
Publicação bimestral, formato 16 x 21 cm, 96+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 33,90.
[1ª série: Mythos, #1 em nov/2019. Antes desse #1, a Mythos publicou, em fev/2019, uma "Edição Especial de Lançamento!".]
O esquadrão de cavalaria candaryana, enviado para libertar a jovem Sophia Devin dos temíveis ghouls, cai em uma emboscada mortal! Dragonero e Gmor chegam ao campo de batalha em cima da hora para evitar um massacre total, mas a situação se torna realmente dramática! Além de Sophia, os ghouls também capturaram os sobreviventes do confronto. Não há tempo para aguardar mais ajuda: Ian se lança sozinho em uma incursão noturna, penetrando no acampamento inimigo para libertar os reféns. Mas terá que escapar da ira de Rhooga, o chefe dos ghouls!



DYLAN DOG — NOVA SÉRIE #27
Publicação irregular, formato 16 x 21 cm, 96+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 35,90.
[1ª série: Mythos, #1 em dez/2018.]
Qual é a ligação entre o fantasma de uma mulher que invade as sessões mediúnicas da madame Trelkovski, gritando um nome incompreensível, e quatro jovens que, disfarçados de Beatles, entram em um cemitério à noite para desenterrar um cadáver? Cabe a Dylan Dog descobrir.



JÚLIA — AVENTURAS DE UMA CRIMINÓLOGA #15
Publicação mensal, formato 16 x 21 cm, 128+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 39,90.
[2ª série • Todas as séries: 1ª série: Mythos, nov/2004 a set/2021, 154 edições (que vêm sendo reeditadas pela Mythos, em formato italiano, desde out/2019) • 2ª série: Mythos, #1 em nov/2021.
Júlia é convidada de Desaparecidos, um programa de televisão focado na busca e localização de pessoas com paradeiro ignorado. Entre os desaparecidos de uma edição do programa estão um pai e seu filho, que um casal de telespectadores relata ter visto nas Ilhas Maurício. A pedido da família, a criminóloga de Garden City, acompanhada pelo detetive particular Leo Baxter, viaja até a bela e exótica localidade, mas as pistas dos dois se confundem na areia.



MARTIN MYSTÈRE — OS GRANDES ENIGMAS DO DETETIVE DO IMPOSSÍVEL #33
Publicação irregular, formato 16 x 21 cm, 160+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 44,90.
[4ª série • Todas as séries: 1ª série: RGE/Globo, nov/1986 a fev/1988, 13 edições • 2ª série: Record, out/1990 a ago/1992, 17 edições • 3ª série: Mythos, ago/2002 a jan/2006, 42 edições • 4ª série: Mythos, #1 em mar/2018.]
Jerusalém, século 8º a.C. Uma inscrição anunciando a iminente conquista da cidade pelos assírios aparece repentinamente em uma face de um prisma hexagonal guardado no templo. Bagdá, 2003. Cai o regime de Saddam Hussein e as tropas americanas entram na capital iraquiana. Alguém saqueia o Museu Nacional: não são só soldados indisciplinados em busca de riquezas, mas especialistas com a missão precisa de recuperar a todo custo um prisma construído em um passado remoto. E quando Martin Mystère tiver a oportunidade de examiná-lo, descobrirá algo que o mergulhará no terror e no desespero.



TEX #639 (#4)
Publicação mensal, formato 16 x 21 cm, 112+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 29,90.
[1ª série • Título lançado com numeração continuada por três editoras: Vecchi (164 edições entre fev/1971 e ago/1983) • RGE/Globo (do #165 ao 350, entre out/1983 e dez/1998; em jan/1987, no #207, a RGE mudou de nome para "Globo", a princípio apenas como um selo editorial, para coincidir com o início de sua publicação dos gibis de Mauricio de Sousa) • Mythos (desde o #351, jan/1999). A partir do #636 (out/2022), passou a ser publicado em formato italiano e com numeração dupla, reiniciada. Há um #636-Bis (nov/2022) com o conteúdo do 729-Bis italiano. Entre mai/2019 e nov/2020, a Mythos também publicou em formato italiano 28 edições, do #586 ao 613. O #600 (out/2019) foi lançado também com capa variante (em ambos os formatos regular e italiano).]
O diabólico Mefisto, fazendo-se passar pelo psiquiatra doutor Weyland, tornou-se diretor do manicômio Black Mountain, reunindo ali um grupo de loucos criminosos. Em seguida a uma série de assaltos inexplicáveis, Tex e seus parceiros decidem interrogar um juiz que salvou da forca um assassino por eles capturado... Gradmore, o açougueiro, mandando trancafiá-lo no manicômio. No entanto, o juiz é assassinado, enquanto eles escapam por milagre de uma armadilha de Mefisto. Mais tarde, perseguindo Gradmore, que sequestrou um garoto, Tex e Carson desaparecem misteriosamente. Agora, os dois parceiros, e Tom Devlin, estão prisioneiros no manicômio, enquanto Mefisto tenta curar o filho Yama da loucura...



ZAGOR CLASSIC #16
Publicação irregular, formato 16 x 21 cm, 112+4 páginas, lombada quadrada, capa cartão, miolo offset p&b, R$ 36,90.
[1ª série: Mythos, #1 em jul/2020.]
Dois alemães atrapalhados, chegam a Darkwood para estudar o ser que voa entre as árvores e nada embaixo d'água, descrição dada pelos índios e que leva o estudioso a achar que Zagor é um tipo de animal hominídeo. O estudioso mata um cervo, ignorando que é o animal sagrado dos iroqueses, e é aprisionado pelos índios, junto com seu assistente e com Chico, que os havia conhecido na floresta. Zagor deve correr contra o tempo para tentar evitar que o trio seja sacrificado. Em outra aventura, um enorme dinossauro surge em um abismo, após um terremoto. Os oneidas ficam apavorados e decidem sacrificar a bela Reeda à monstruosa criatura. Mas o irmão da jovem, recorre ao único homem capaz de salvá-la: Zagor!
___________________________________________________________
 
★ Fonte: Banco de Dados Planeta Gibi, divulgação.
★ Reprodução de artes e fotogramas: feita apenas para fins de divulgação. Artes e personagens são de propriedade de seus criadores/licenciadores. A qualidade gráfica aqui exibida é inferior à original.
 Sinopses (em azul e itálico) e informações sobre preço de capa, estrutura do título e da edição, extensão prevista de um título ou de uma coleção: são dados divulgados pelas editoras.
★ Observações entre colchetes: são dados atribuídos pelo Planeta Gibi somente para fins de colecionismo.
★ Comercialização: o Planeta Gibi só se responsabiliza por compras efetuadas em sua loja. 
★ Dúvidas e sugestões: escreva para o editor do Planeta Gibi Blog.
★ Publicado originalmente em 20/jan/2023.
★ Atualizado pela última vez em 3/mai/2023.
___________________________________________________________


4 comentários:

  1. O editor da Mythos editora pede para que os leitores adquiram as revistas na mesma banca, mas a péssima distribuição, muitas vezes nos impede de adquirir as mesmas. Geralmente compro as revistas no centro da cidade, uma vez que o jornaleiro da banca, aqui de Itaquera, já pedira várias vezes a remessa das revistas do Tex, e nunca foi atendido. Mesmo na cidade, na região da João Mendes ou Galvão Bueno, jamais chegam as revistas do Zagor. As do Tex, tem meses, em que as mesmas não aparecem (seja ela Tex Gigante, Tex edição mensal, Tex Willer etc.) A da Júlia Kendall, já faz alguns meses que desapareceu... Aí fica difícil! Espero que essas revistas não tenham o triste fim de Tex Coleção, cancelada na edição 509.

    ResponderExcluir
  2. Muito show ter voltado o checklist ao Blog. Infelizmente estão sumindo várias bancas aqui no RJ. Comprava na banca do Shopping Nova América... que acabou. Agora a única próxima é a banca do Norte Shopping. Fora isso, só pelo site mesmo. Coleciono as edições da Júlia

    ResponderExcluir
  3. nunca imaginei que chegaria o dia de ver um gibi mensal do Tex por 30 reais!!! é, são os tempos online...

    ResponderExcluir
  4. Em relação ao preço que o pessoal está reclamando, a questão é que a Mythos resolveu publicar as edições do Tex (e as demais publicações Bonelli), em formato italiano, abandonando o papel jornal nas páginas internas, utilizando conforme a descrição do Planeta Gibi, papel off-set. Não por acaso, a revista passou a ter numeração dupla na capa, sendo que o da direita refere-se a partir da adoção do formato italiano.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão