' '

31 de agosto de 2023

Num mês de agosto distante... DIVERSÕES JUVENIS era lançado

DIVERSÕES JUVENIS foi um selo editorial que a Abril usou para testar vários títulos, como O GORDO E O MAGRO (justamente a edição #1, lançada há 50 anos), O PICA-PAU, A PANTERA COR-DE-ROSA, BOLINHA, JORNADA NAS ESTRELAS, FRAJOLA E PIUPIU, SACARROLHA e muitos outros.




Até aquele mês de ago/1973, boa parte do faturamento da Editora Abril vinha dos gibis Disney e da publicação de fascículos. MÔNICA já era um sucesso editorial e CEBOLINHA acabara de ser lançada, em janeiro. Fora isso, na linha de quadrinhos, a Abril só fugia dos universos Disney e MSP com OS FLINTSTONES, de Hanna-Barbera, que havia sido lançada no final de 1972.

Foi quando a editora apostou na compra de diversas licenças da americana Western Publishing. Os personagens com vendagens satisfatórias ganhavam títulos independentes com numeração continuada a partir da quantidade de edições já lançada sob o título guarda-chuva — o mesmo esquema, por sinal, usado pela americana Dell no lendário selo FOUR COLOR, de onde saíram gibis clássicos como UNCLE SCROOGE, LITTLE LULU, DONALD DUCK, WOODY WOODPECKER, MICKEY MOUSE, entre outros.

DIVERSÕES JUVENIS já havia intitulado uma revista da Abril nos anos 1960, nascida como DIVERSÕES ESCOLARES, e que chegou a trazer HQs Disney, apesar de não ser uma publicação Disney — algo que se repetiria muito tempo depois com a RECREIO. Voltaremos a isso oportunamente.

O selo DJ também servia para "apresentar" novos títulos, como LULUZINHA e CRÁS. E continuou a ser usado mesmo após jan/1977, quando saiu o 40º e último número mensal de DJ, com SPEED RACER. Revistas como CAPITÃO AMÉRICA (1979) e ALMANAQUE DO PERERÊ (1985) também começaram como "apresentações" de DJ. O editor (e Mestre Disney) Júlio de Andrade, em entrevista ao Planeta Gibi em 2011, explicou: "DIVERSÕES JUVENIS era um selo, assim como a EDIÇÃO EXTRA da Disney. Precisava-se de apenas um título registrado. Antes de se comprometer com um título como, por exemplo, BOLINHA, testava-se dentro do selo DIVERSÕES JUVENIS, um título guarda-chuva. Porque você precisa pagar para registrar e renovar a marca e a logomarca".

Paralelamente aos lançamentos mensais de DJ, a Abril lançou DIVERSÕES INFANTIS, no mesmo esquema de revezamento de personagens, mas que durou apenas cinco edições, de nov/1976 a fev/1977.



DIVERSÕES JUVENIS #1 O GORDO E O MAGRO (#1), Editora Abril, ago/1973. 



DIVERSÕES JUVENIS #6 O GORDO E O MAGRO (#2), Editora Abril, fev/1974. 

A partir daqui, O GORDO E O MAGRO virou título com numeração própria, começando pelo #3, e seguiu sendo publicado até fev/1981, #32. O colecionador, porém, jamais encontrará O GORDO E O MAGRO com o número 8 na capa: é que essa edição foi identificada como DIVERSÕES INFANTIS #4 (dez/1976). Confuso, não?

★ TODAS AS DIVERSÕES JUVENIS:

• Formato Pato (13,4 x 20,7 cm).

• Quantidade de páginas: do #1 ao 4: 100 páginas, lombada quadrada. Demais edições, 68 páginas, lombada canoa (grampos).

• As edições de #1 a 12 vieram acompanhadas de pôsteres.

#1  - ago/1973 - O GORDO E O MAGRO (GM #1) publicado até fev/1981, #32

#2  - set/1973 - A PANTERA COR-DE-ROSA (PT #1) publicado até jul/1988, #93

#3  - out/1973 - A CORRIDA MALUCA

#4  - nov/1973 - FAÍSCA E FUMAÇA (FF #1; os #3 e 4 saíram com numeração independente)

#5  - dez/1973 - O PICA-PAU (PP #1) publicado até abr/1988, #93

#6  - fev/1974 - O GORDO E O MAGRO (GM #2)

#7  - mar/1974 - A PANTERA COR-DE-ROSA (PT #2)

#8  - abr/1974 - FRAJOLA E PIUPIU (FP #1) publicado até jun/1980, #30

#9  - mai/1974 - FOLIAS ROMANAS

#10 - jun/1974 - BIRUTÉIA, A BRUXINHA

#11 - jul/1974 - ALCEU E DENTINHO

#12 - ago/1974 - SIDERAL

#13 - set/1974 - A CORRIDA MALUCA

#14 - out/1974 - BIMBO, O ELEFANTINHO

#15 - nov/1974 - SUPER-HERÓIS DA TV (HTV #0) segue como HERÓIS DA TV, com numeração reiniciada, até jan/1978, #32

#16 - nov/1974 - OS MONSTRINHOS

#17 - dez/1974 - OS 4 BANANAS

#18 - jan/1975 - BOLINHA (BO #1) publicado até nov/1992, #194

#19 - fev/1975 - FAÍSCA E FUMAÇA (FF #2)

#20 - mar/1975 - ARQUIMEDES, O CORUJÃO

#21 - abr/1975 - BOLINHA (BO #2)

#22 - mai/1975 - OS MONSTRINHOS

#23 - jun/1975 - ABBOTT E COSTELLO

#24 - jul/1975 - BOLINHA (BO #3)

#25 - ago/1975 - JORNADA NAS ESTRELAS (JE #1) publicado até dez/1976, #6

#26 - set/1975 - SACARROLHA (SA #1) publicado até set/1976, #4

#27 - out/1975 - BIRUTÉIA E OS MONSTRINHOS

#28 - nov/1975 - ABBOTT E COSTELLO

#29 - dez/1975 - ALCEU E DENTINHO

#30 - jan/1976 - SACARROLHA (SA2)

#31 - fev/1976 - ARQUIMEDES, O CORUJÃO E BIMBO, O ELEFANTINHO

#32 - mar/1976 - BICÃO E BICUDO

#33 - abr/1976 - POSSANTE (SM #0) segue como SUPER MOUSE, com numeração reiniciada, até fev/1980, #22

#34 - mai/1976 - SACARROLHA (SA #3)

#35 - jun/1976 - BIRUTÉIA E OS MONSTRINHOS

#36 - jul/1976 - ABBOTT E COSTELLO

#37 - ago/1976 - FAÍSCA E FUMAÇA (FF #5)

#38 - set/1976 - ALCEU E DENTINHO

#39 - out/1976 - ABBOTT E COSTELLO

#40 - jan/1977 - SPEED RACER (SR #1) publicado até dez/1979, #18


DIVERSÕES INFANTIS 

#1 - nov/1976 - ARQUIMEDES, O CORUJÃO E BIMBO, O ELEFANTINHO

#2 - nov/1976 - SUPER MOUSE (SM #2; o #1 saiu com numeração independente)

#3 - dez/1976 - FAÍSCA E FUMAÇA (FF #6)

#4 - dez/1976 - O GORDO E O MAGRO (GM #8)

#5 - fev/1977 - SUPER MOUSE (SM #3)


• Veja aqui os gibis com personagens infantojuvenis que temos hoje no estoque de nossa loja.

• Visite sempre nossa loja. Tem novidade todo dia!

___________________________________________________________

★ Fonte: Acervo e Banco de Dados Planeta Gibi.
★ Reprodução de artes e fotogramas: feita apenas para fins de divulgação. Artes e personagens são de propriedade de seus criadores/licenciadores. A qualidade gráfica aqui exibida é inferior à original.
 Sinopses (em azul e itálico) e informações sobre preço de capa, estrutura do título e da edição, extensão prevista de um título ou de uma coleção: são dados divulgados pelas editoras.
★ Observações entre colchetes: são dados atribuídos pelo Planeta Gibi somente para fins de colecionismo.
★ Comercialização: o Planeta Gibi só se responsabiliza por compras efetuadas em sua loja. 
★ Dúvidas e sugestões: escreva para o editor do Planeta Gibi Blog.
★ Publicado originalmente em 31/ago/2023.
★ Atualizado pela última vez em 31/ago/2023.
___________________________________________________________


3 comentários:

  1. Fiquei impressionado com "O Gordo e o Magro" que conseguiu manter uma sequência relevante (32 números, entrando em 1981) e a Pantera sensacional quase chegou ao # 100. Uma época de ouro, com as bancas cheias de publicações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também vale registrar que, dessas licenças que tiveram continuidade, apenas O Gordo e o Magro e Super Mouse não tiveram especiais lançados. Até Jornada nas Estrelas e Speed Racer tiveram os seus. Faremos um post de todos esses especiais não Disney lançados antes de a Abril começar a Série Almanaque, em 1979. Quanto à Pantera, falaremos especialmente dela ainda neste mês, no cinquentenário de lançamento de seu gibi no Brasil. Abs. Edenilson.

      Excluir
  2. Estava tentando lembrar de um gibi (não sei se foi a minha mãe quem comprou na época) do desenho de um elefante com fralda, que li na década de 70 e eis que ao ler a relação de Diversões Juvenis, finalmente o "mistério" foi desvendado: Bimbo, o elefantinho.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão