' '

11 de julho de 2023

Gibi PATO DONALD completa 73 anos hoje

Revista há mais tempo em circulação no Brasil, PATO DONALD faz hoje 73 anos.  Só teve sua publicação interrompida por alguns meses entre 2018-19, na mudança da Abril para a Culturama — que neste mês lança a edição 2534 (Culturama #52).

Veja curiosidades diariamente em nossas redes! Siga-nos: TwitterInstagramFacebook.



Revista PATO DONALD completa 73 anos hoje. Foi a primeira publicação da Editora Abril, que a lançou ininterruptamente até jul/2018. Em mar/2019, foi retomada pela Culturama, que neste mês lança o #2534 (#52, na numeração dupla).



"Folheto anunciando o lançamento de O Pato Donald no dia 11 de julho de 1950. A novidade foi divulgada nos jornais paulistanos nos dias seguintes. A Editora Abril registra que a edição de estreia teve uma tiragem de 82 370 exemplares" (Em O MELHOR DA DISNEY BRASIL: 1950-1952, Editora Abril, mar/2018; diretor de redação: Figa; editor: Paulo Maffia; textos e imagens: Planeta Gibi).

★ HISTÓRICO:

 

★ SÉRIES:

• 1ª série: Editora Abril: jul/1950 a jul/2018, 1.845 edições, até o #2481 (a numeração ímpar entre os números 578 e 1750 foi atribuída pela Abril a ZÉ CARIOCA). 

• 2ª série: Culturama: desde mar/2019 (numeração dupla: #0 e #2482). 

★ FASES EDITORIAIS:

1ª FASE: do #1 ao 478: A Abril a considera oficialmente como sua primeira publicação (em mai/1950, o editor Victor Civita havia lançado RAIO VERMELHO, mas como Editora Primavera). O gibi estreou em formatão, tipo magazine. A partir do #22, adotou o formato de aproximadamente 13,5 x 21 cm, que acabou instituindo o jargão editorial "formato Pato". 

2ª FASE: do #480 ao 980: Em jan/1961, seu título na capa passou a se alternar semanalmente entre O PATO DONALD e O PATO DONALD APRESENTA ZÉ CARIOCA (ainda naquela década simplificado para ZÉ CARIOCA, que ficava com a numeração ímpar). 

3ª FASE: do #982 ao 1468: A Abril registra ZÉ CARIOCA como título independente a partir do #982, mas mantém o revezamento semanal e a numeração compartilhada entre as revistas do papagaio e do pato. 

4ª FASE: do #1470 ao 1750: Esta última fase de revezamento semanal e numeração compartilhada entre ZÉ CARIOCA e PATO DONALD se inicia com uma revolução editorial: as revistas ganham capas em papel couché e têm o formato reduzido em 2 cm, inaugurando o popular "formatinho", logo adotado por outras publicações de quadrinhos, inclusive de outras editoras, como RGE e Vecchi. 

5ª FASE: do #1751 ao 2324: PATO DONALD torna-se totalmente independente de ZÉ CARIOCA e tem sua primeira edição com número ímpar na capa desde 1960. 

6ª FASE: do #2325 ao 2481: Na última fase pela Abril, a revista ganha regularidade mensal e apresenta apenas HQs inéditas — inclusive as últimas histórias de Don Rosa ainda inéditas no Brasil. Em jul/2015, a edição #2445 comemora os 65 anos da revista com um remake da capa #1. No fim de jun/2018, a Abril antecipa o lançamento da edição do mês seguinte em face à não renovação do contrato com a Disney, após 68 anos de circulação ininterrupta. 

7ª FASE: do #2482 (Culturama # zero) em diante: Em mar/2019, a editora Culturama retoma o título e adota numeração dupla: a partir do zero na capa e, no expediente, prossegue a numeração clássica da Abril.

★ NESTE MÊS:


PATO DONALD #52 (2534*)
Culturama, Disney, jul/2023.
Publicação mensal, formato 13,4 x 19,5 cm, 64+4 páginas, lombada canoa, capa couché, miolo offset cor, R$ 9,90. 
[Edição #1898, 2ª série • Todas as séries: 1ª série: Editora Abril, jul/1950 a jul/2018, 1.845 edições, até o #2481 (*a numeração ímpar entre #578 e 1750 foi atribuída pela Abril a ZÉ CARIOCA) • 2ª série: Culturama, #0 (2482*) em mar/2019.]
Em “Vizinhos a bordo”, a primeira HQ desta edição, Donald aceita acompanhar a carga de um material valioso para Tio Patinhas, em um de seus navios. E só aceitou a tarefa porque o navio é comandado por ninguém menos que seu vizinho, o Silva! Já em “O baile apimentado”, Donald é convidado a participar de um evento superexclusivo e quer levar Margarida junto, mas isso será mais difícil do que ele imagina. E fechamos com “Pipocando no cinema”, em que Donald e Peninha querem assistir a um filme, mas os ingressos estão esgotados. A solução encontrada é arrumar um emprego de vendedor de doces no cinema! E mais: divertidas e coloridas páginas de atividades para você avaliar sua compreensão das histórias e ampliar seu vocabulário!

• Tradução: (1, 3) José Rivaldo Ribeiro (Planeta Gibi) •  (3, revisão das demais) Edenilson Rodrigues-Lazaro (Planeta Gibi).

• Gerente editorial: Naihobi Steinmetz Rodrigues; editor-chefe: Paulo Maffia. 


Veja aqui as edições de PATO DONALD que temos hoje no estoque de nossa loja online.

Visite sempre nossa loja. Tem novidade todo dia!

___________________________________________________________

★ Fonte: Acervo e Banco de Dados Planeta Gibi.
★ Reprodução de artes e fotogramas: feita apenas para fins de divulgação. Artes e personagens são de propriedade de seus criadores/licenciadores. A qualidade gráfica aqui exibida é inferior à original.
 Sinopses (em azul e itálico) e informações sobre preço de capa, estrutura do título e da edição, extensão prevista de um título ou de uma coleção: são dados divulgados pelas editoras.
★ Observações entre colchetes: são dados atribuídos pelo Planeta Gibi somente para fins de colecionismo.
★ Comercialização: o Planeta Gibi só se responsabiliza por compras efetuadas em sua loja. 
★ Dúvidas e sugestões: escreva para o editor do Planeta Gibi Blog.
★ Publicado originalmente em 11/jul/2023.
★ Atualizado pela última vez em 11/jul/2023.
___________________________________________________________



Um comentário:

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de quem os escreve e não refletem a opinião do Planeta Gibi.

Não são permitidos comentários que incluam:

Termos ofensivos, agressivos ou pejorativos
• Qualquer link ou e-mail
• Qualquer menção a outro estabelecimento que comercialize quadrinhos
Assunto alheio ao tema da postagem em questão